quarta-feira, 24 de setembro de 2014

"Mulheres e negros são os mais prejudicados pelo sistema tributário brasileiro


14
Publicado originalmente no Spotniks
Mulheres e negros so os mais prejudicados pelo sistema tributrio brasileiro
O Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc) e o Comitê de Oxford para o Combate à Fome (Oxfam) lançaram nesta quinta-feira (11/09) um estudo que correlaciona a carga de impostos indiretos com a renda das famílias. O estudo ainda levou em conta outras características socioeconômicas, como o gênero e raça, cruzando dados de duas pesquisas do IBGE: a Pesquisa de Orçamento Familiar (POF) e a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad). Entre as conclusões dos pesquisadores, destaca-se o maior impacto dos tributos sobre negros e mulheres.
Os dados revelam que dos 10% mais pobres, 68% são negros e somente 32% são brancos. Estes, gastam 32% de sua renda só com tributos, em contraste com os 10% mais ricos que gastam somente 21% do que recebem em tributos, sendo que apenas 16% deles são negros e 64% são brancos.
As mulheres também são castigadas pelo sistema de tributação regressivo. Os 10% mais ricos são compostos de 18% de mulheres brancas, contra 49% de homens brancos. A população masculina negra corresponde a somente 13% do topo da pirâmide, enquanto as mulheres negras ocupam somente 3% deste total. Olhando para baixo, as mulheres também são maioria entre os 10% mais pobres, compondo quase 55% desta camada social (19% brancas e 36% negras), contra 13% dos homens brancos e 32% dos homens negros".
Fonte: http://direitoeliberdade.jusbrasil.com.br/artigos/141152461/mulheres-e-negros-sao-os-mais-prejudicados-pelo-sistema-tributario-brasileiro?utm_campaign=newsletter-daily_20140924_132&utm_medium=email&utm_source=newsletter
Acesso: 25/09/2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qualquer sugestão ou solicitação a respeito dos temas propostos, favor enviá-los. Grata!

EUTANÁSIA.DISTANÁSIA.ORTOTANÁSIA.

“Na linguagem vulgar, a eutanásia é o procedimento pelo qual se mata um paciente por compaixão. Do ponto de vista bioético, o fenômeno ou ...