quinta-feira, 20 de março de 2014

Plenário autoriza TCU a promover auditorias na Petrobras e na Caixa

Plenário autoriza TCU a promover auditorias na Petrobras e na Caixa

Enviar notícia por e-mail Imprimir
 
Requerimentos de senadores do PSDB preveem a fiscalização de gastos com a construção de petroleiro e nos investimentos do FI-FGTS
O líder do governo, Eduardo Braga (C), afirmou em Plenário que o governo da presidente Dilma apoia a apuração de denúncias com absoluta transparência Foto: Moreira Mariz
O Plenário do Senado aprovou dois requerimentos para que o Tribunal de Contas da União (TCU), na condição de órgão auxiliar do Congresso Nacional no controle e na fiscalização da administração pública, realize auditoria nos gastos feitos pela Petrobras para a construção do petroleiro João Cândido e na carteira do Fundo de Investimentos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FI-FGTS), administrada pela Caixa Econômica Federal.
De acordo com Alvaro Dias (PSDB-PR), a construção do navio João Cândido foi marcada por irregularidades.
Segundo ele, foram detectados problemas técnicos que comprometeram a estrutura do petroleiro, bem como superfaturamento nos gastos, que alcançaram mais que o dobro das previsões de mercado.
Em relação à auditoria da Caixa, Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) destacou que, conforme anunciado na imprensa, o banco está utilizando o patrimônio dos trabalhadores, o FGTS, para fazer investimentos sem transparência.
— O Fundo de Investimentos, que possuía R$ 28 bilhões no fim de 2013, na prática tornou-se uma espécie de mini-BNDES, reforçando os investimentos em companhias nas quais o banco já aplica — disse.
Também foram aprovados requerimentos para realização de auditorias nos contratos de publicidade oficial celebrados entre a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República e empresas privadas, nos anos de 2011 e 2012; nos repasses financeiros feitos pelo governo federal, por quaisquer de seus entes, à ONG Koinonia — Presença Ecumênica e Serviço, desde 2003; e na Petrobras, para verificar a legalidade, a legitimidade, a economicidade e a veracidade factual das chamadas operações de exportação de plataformas realizadas pela empresa de 2011 até a presente data.
Jornal do Senado
(Reprodução autorizada mediante citação do Jornal do Senado)
http://www12.senado.gov.br/jornal/edicoes/2014/03/20/plenario-autoriza-tcu-a-promover-auditorias-na-petrobras-e-na-caixa. Acesso: 20/3/2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qualquer sugestão ou solicitação a respeito dos temas propostos, favor enviá-los. Grata!

A “cultura da litigiosidade” LOURI BARBIERO – Desembargador   "No Brasil, bate-se na porta do Judiciário para qua...