quarta-feira, 4 de junho de 2014

Mulher de 84 anos acusa 'marido de aluguel' de estupro

"Mulher de 84 anos acusa 'marido de aluguel' de estupro

iG Paulista - 04/06/2014 - 17h38 | 
Eloy de Oliveira | igpaulista@rac.com.br
José Maria Batista foi preso acusado de estuprar mulher de 84 anos
Foto: Divulgação
José Maria Batista foi preso acusado de estuprar mulher de 84 anos
Uma senhora de 84 anos denunciou à polícia, na segunda-feira (2), que um homem, conhecido por ela apenas como Índio e que trabalha como “marido de aluguel”, fazendo pequenos reparos domésticos na região onde ela mora, em Sorocaba (SP), a estuprou por três vezes seguidas.
 
O acusado é José Maria Batista, de 63 anos, e já foi preso. Ele disse que faz consertos para 20 idosas na mesma região há quatro anos e que as considera como mães. Mas havia bebido acima do normal no dia do crime e não sabe explicar o que lhe deu para cometer o abuso.
 
Tratamento psicológico
 
Os estupros foram praticados no mês de fevereiro deste ano. A revelação e a denúncia só foram feitas na segunda-feira (2) porque a mulher teve de passar por tratamento psicológico depois do ataque. Ela só conseguiu se recuperar agora, quase quatro meses depois.

De acordo com o relato feito à polícia, na noite de 4 de fevereiro, o “marido de aluguel” desligou a energia da casa da senhora. Em seguida, invadiu e a arrastou até o quarto, onde cometeu o crime. Antes de fugir de madrugada, ele ainda furtou moedas, segundo ela.
 
Reconheceu a voz
 
A delegada Ana Luiza Salomone, titular da Delegacia de Defesa da Mulher, disse que chamou a atenção da vítima o fato de o homem não tropeçar nos móveis mesmo andando no escuro e de saber exatamente onde a estava o quadro de energia, que religou antes de fugir.
 
Para evitar enganos, a delegada colocou as vozes de três suspeitos para que a senhora ouvisse, já que a voz era a única expressão que observou no dia do crime e ela ficou espantada e assustada ao ouvir a voz do “marido de aluguel”, o que o levou à prisão e à confissão.
 
O acusado foi preso na terça-feira (3) e levado à Cadeia Pública de Pilar do Sul, na região de Sorocaba, onde irá permanecer por pelo menos 30 dias até a conclusão do inquérito e a apuração de outros detalhes envolvendo a ação dele na região onde a mulher mora".

> http://paulista.ig.com.br/ig_paulista/?url_layer=http://correio.rac.com.br/_conteudo/2014/06/ig_paulista/180491-mulher-de-80-anos-acusa-marido-de-aluguel-de-estupro.html<.
Acesso: 04/06/2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qualquer sugestão ou solicitação a respeito dos temas propostos, favor enviá-los. Grata!

A “cultura da litigiosidade” LOURI BARBIERO – Desembargador   "No Brasil, bate-se na porta do Judiciário para qua...