quinta-feira, 22 de maio de 2014

DIREITO PENAL. DOMÍNIO DE VIOLENTA EMOÇÃO.ARREPENDIMENTO INJUSTIFICÁVEL.

       " A 7ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça paulista manteve decisão do Tribunal do Júri de Bauru para condenar uma mulher pela morte do marido. A ré, que foi acusada de atear fogo na cama do casal enquanto o esposo dormia, recebeu a pena de 18 anos e 8 meses de reclusão em regime inicial fechado.
        
(Imagem meramente ilustrativa)
        Apelação nº 0033035-49.2011.8.26.0071"

Fonte: 7ª Camara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo.
Acesso: 22/5/2014
               

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qualquer sugestão ou solicitação a respeito dos temas propostos, favor enviá-los. Grata!

EUTANÁSIA.DISTANÁSIA.ORTOTANÁSIA.

“Na linguagem vulgar, a eutanásia é o procedimento pelo qual se mata um paciente por compaixão. Do ponto de vista bioético, o fenômeno ou ...